Tecnologia

Google corta relação com Huawei depois de imposição do governo norte-americano contra a China – entenda!

Atualmente a Huawei é a segunda maior empresa de smartphones do mundo.

  Redação    segunda-feira, 20 de maio de 2019

Aparelhos da Huawei não receberão mais atualizações do Google. Quem tiver um aparelho smartphone da empresa chinesa poderá continuar usando, porém a empresa norte-americana não fornecerá novas atualizações do Android.

Tal decisão veio após o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, proibir empresas norte-americanas de fazerem negócios com empresas estrangeiras de comunicação consideradas perigosas para a segurança dos EUA. A Huawei foi acusada de espionagem cibernética pelo governo americano.

No momento quem possuir um celular da Huawei poderá continuar usando o Google Play, Gmail e YouTube, por exemplo, e as medidas de segurança do Google Play Protect normalmente, mas não há garantias de que os serviços receberão atualizações no futuro; o que poderia ser ruim ao usurário que ficará vulnerável a vírus e ataques maliciosos.

Vale ressaltar que a empresa chinesa poderá usar o Android Open Source Project (AOSP), já que a versão é de código aberto e dá acesso ao sistema operacional do Google, mas as atualizações demoram muito mais para chegar nesse sistema.

A decisão do governo norte-americano ainda é valida também para comercialização de componentes eletrônicos, o que afetará não somente o Google, mas também a empresa Intel e a Qualcomm.

O motivo da decisão aprovada por Trump se deve a uma lei chinesa aprovada em 2017 que obriga as empresas a colaborarem com os serviços de inteligência do país, e a falta de transparência da Huawei gerou a desconfiança por parte dos EUA.

Atualmente a Huawei é a segunda maior empresa de smartphones do mundo, detendo 19% do mercado, ficando atrás somente da sul-coreana Samsung.

Um pode que devemos destacar é que os maiores prejudicados com essa lei não deverá ser os chineses, já que os aparelhos no país não usam o Google como sistema operacional principal. Os maiores afetados serão os europeus e os próprios norte-americanos.

Em resposta oficial, a Huawei ressaltou as contribuições da empresa para o crescimento do Android ao redor do mundo, e garante que os usuários continuarão recebendo atualizações de segurança, encerrando com “Vamos continuar construindo um ecossistema de software seguro e sustentável para entregar a melhor experiência para os usuários globalmente”.


Redação

Redação

“Escolha um trabalho que você ame e não terás que trabalhar um único dia em sua vida”. – Confúcio. Foi com esse pensamento que os fundadores do Nerd Site escolheram trabalhar com o que já era uma paixão: o mundo do entretenimento nerd e geek.

Comentários