,

Atriz de ‘Smallville’ se declara culpada em caso bizarro envolvendo seita sexual

Plot twist.

Há poucos meses a atriz Allison Mack – mais conhecida por sua participação como Chloe Sullivan na série Smallville – se declarou inocente das acusações de tráfico sexual, mas agora isso mudou.

Mack voltou ao tribunal para assumir que teve envolvimento no culto secreto NXIVM e participou das atividades de tráfico sexual e conspiração criminosa.

A mudança no discurso pode ser fruto de um acordo entre seus advogados e os promotores para que a pena seja suavizada – mas isso ainda deve ser esclarecido. Em tribunal, Mack disse o seguinte:

Eu preciso admitir a culpa pela minha conduta. Eu me sinto muito mal pelo meu papel neste caso. Eu peço desculpas à minha família e às boas pessoas que eu machuquei com a minha aderência equivocada aos ensinamentos de Keith Raniere.

Keith Raniere era o líder do culto sexual, para o qual Mack recrutava mulheres prometendo ser um “curso de empoderamento”. No fim, as moças transformavam-se em escravas sexuais e eram chantageadas de diversas maneiras, como com o vazamento de fotos nuas na internet. Algumas chegaram até mesmo a ter as iniciais de Raniere marcadas a fogo na virilha.

Raniere, que tem 57 anos, foi preso em março de 2018. A acusação alega que ele extorquiu e abusou de mais de 50 mulheres.

Carregando...

Capitã Marvel | Bilheteria do filme supera ‘Batman: O Cavaleiro das Trevas’

Chris Hemsworth, o Thor, quer ser o novo James Bond