Notícias

Presidente da Warner Bros. renuncia ao cargo após acusações de assédio

O bicho tá pegando em Hollywood.

  Paulo C. Góis    segunda-feira, 18 de março de 2019

Depois de semanas de escândalo, o CEO da Warner Bros., Kevin Tsujihara, renunciou oficialmente à sua posição no estúdio. Isso foi confirmado por e-mails internos que foram enviados para membros da equipe da Warner Bros. hoje, de acordo com o ComicBook.

Aqui está a declaração que a Warner Bros. emitiu internamente sobre a renúncia de Tsujihara:

“É do interesse da WarnerMedia, da Warner Bros., de nossos funcionários e parceiros Kevin renunciar ao cargo de presidente e CEO da Warner Bros.”, disse John Stankey, CEO da WarnerMedia. “Kevin contribuiu muito para o sucesso do estúdio nos últimos 25 anos e por isso agradecemos a ele. Kevin reconhece que seus erros são inconsistentes com as expectativas de liderança da empresa e podem afetar a capacidade da empresa de funcionar no futuro.

A empresa continua a trabalhar com um escritório de advocacia terceirizado para concluir sua investigação com a cooperação do Sr. Tsujihara.

A WarnerMedia ainda não nomeou um sucessor para Tsujihara. “

O caminho para a saída de Kevin Tsujihara foi pavimentado por uma exposição de que o CEO da Warner Bros. tinha entrado em uma alegada relação sexual “Pay for Play” com a atriz Charlotte Kirk, em 2013, quando ela tinha apenas 21 anos na época.

Mensagens de texto revelaram o processo de ir e vir de Kirk se envolvendo em um relacionamento sexual com Tsujihara ao longo de três anos, em troca de promessas de seleção de elencos nos principais tentáculos do estúdio. Outros famosos atores de Hollywood, como Brett Ratner e Avi Lerner, foram levados ao escândalo, aparentemente tentando implementar as promessas de Tsujihara a Kirk para conseguir seus papéis em filmes maiores.

Kirk originalmente negou a existência do escândalo, emitindo uma declaração no início de março dizendo: “Eu nego enfaticamente qualquer comportamento inapropriado por parte de Brett Ratner, James Packer e Kevin Tsujihara, e não tenho nenhuma reclamação contra nenhum deles”.

No entanto, ela desde então voltou a essa negação, reconhecendo que o escândalo é realmente real.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários