Filmes

Dragon Ball Super: Broly teve nada menos que 70 minutos de cenas deletadas

É quase outro filme!

  Paulo C. Góis    segunda-feira, 11 de março de 2019

Parece brincadeira, mas é isso mesmo: Dragon Ball Super: Broly, o novo longa da franquia que chegou aos cinemas recentemente, teve 70 minutos de cenas deletadas da versão final.

É quase outro filme! Mas os fãs podem ficar felizes, pois muito provavelmente terão acesso a partes desse conteúdo.

A informação foi do próprio diretor da animação, Tatsuya Nagamine, que falou à revista Animage sobre o processo de produção.

Os trechos cortados em grande maioria diziam respeito à história que aconteceu antes da luta final – incluindo uma cena voltada à infância de Vegeta e Raditz e uma luta entre Raditz e Nappa.

Pelo menos Dragon Ball Super: Broly fez um feito e tanto: ultrapassou a bilheteria do fracassado live-action Dragon Ball Evolution, de 2009, e se tornou a maior bilheteria da franquia.

É pra apagar da história mesmo.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd, e desde então devorou de Duna a Sandman e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.