,

Sony fala sobre ausência na E3 2019 e dá a entender que evento está ultrapassado

A Sony se pronunciou novamente sobre sua ausência na E3 2019 e deu a entender que o evento está ultrapassado.

Tanto a Sony quanto sua enorme marca PlayStation fizeram um grande furdunço no final de 2018 quando foi anunciado que, pela primeira vez desde o início da E3, o PlayStation não estaria participando. A decisão levou à especulação sobre o que a Sony planejava fazer e o que essa ausência significava para a E3 como um todo.

Em declarações à CNET, o presidente da SIE Worldwide Studios, Shawn Layden, elaborou a decisão da Sony de abandonar a E3 este ano. Layden lembrou os primeiros eventos da E3, onde varejistas e jornalistas se reuniam com os criadores do jogos para ver o que os estúdios tinham para mostrar.

O presidente destacou que isso acontecia em um momento em que “não havia internet para falar”, então era importante que esses tipos de contatos divulgassem o que as empresas estavam trabalhando.

Varejistas entrariam – você veria um cara entrar, e ele diria: ‘Eu sou da Sears, e eu cuido de Hot Wheels, Barbie, VHS e videogames. Então, do que você está falando? Havia um enorme componente educacional.

Então você tinha jornalistas que tinham revistas e tempo de entrega e disputavam a posição na capa. E não havia internet para falar. Então, uma feira naquela época do ano para essa indústria nascente era exatamente o que precisávamos fazer.


Então a feira se tornou uma feira sem muita atividade comercial. O mundo mudou, mas a E3 não mudou necessariamente com isso.

Layden acrescentou que, com a decisão da Sony de lançar menos jogos, mas maiores, por períodos mais longos, a Sony chegou a um ponto em que a data de junho de 2019 para a E3 não é a hora certa para ter algo a dizer.

Carregando...

Bob Esponja terá episódio live-action em comemoração ao aniversário de 20 anos

Crítica | Green Book mescla drama e leveza em história inspiradora