Filmes

Para a atriz Brie Larson, ‘Capitã Marvel’ é uma forma de ativismo pela diversidade

O filme chega no dia 8 de março aos cinemas.

  Paulo C. Góis    quarta-feira, 06 de fevereiro de 2019

A atriz Brie Larson, que protagoniza o filme solo da Capitã Marvel, disse em recente entrevista à revista InStyle que considera a produção uma forma de ativismo.

O motivo, é claro, se deve ao fato de ser o primeiro filme da Marvel Studios com foco inteiramente em uma heroína mulher – e Larson gostaria de ver a indústria o mais diversificada possível.

O filme era a grande oportunidade que eu queria. É como meu superpoder. Essa pode ser a minha forma de ativismo: fazer um filme que estará em todos lugares do mundo e em mais lugares do que eu poderia estar fisicamente.

Meu próximo objetivo é fazer uma escola para treinar pessoas em vários trabalhos no set. Há muitos trabalhos. Você gosta dos blasters dos aliens? Você pode ser a pessoa que faz eles. Nós precisamos de pessoas jovens para continuar com o cinema, e seria legal se tivéssemos mais diversidade ao longo do caminho.

O filme tem sua direção nas mãos da dupla Anna Boden e Ryan Fleck, e conta ainda com a volta de Samuel L. Jaskon como uma versão mais jovem de Nick Fury.

Capitã Marvel estreia em 8 de março de 2019 nos cinemas.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários