,

Diretor do reboot de ‘Quarteto Fantástico’ apoia esforços para “apagar” seu filme da história

Não é nenhum segredo que ninguém gosta realmente do reboot feito em 2015 para a franquia do Quarteto Fantástico, que é (não tão) carinhosamente referida pelos fãs como “Fant4stic”, graças à sua campanha de marketing desajeitada.

Até mesmo o diretor Josh Trank não é um grande fã, aparentemente, pois recentemente endossou a sugestão de um fã de iniciar uma campanha do GoFundMe – uma vaquinha – para “apagar” o filme em um Tweet que foi excluído.

Mas tudo isso é irrelevante agora, já que o filme efetivamente matou a franquia da 20th Century Fox e esses direitos estão prestes a voltar para a Disney e para a gigante Marvel Studios.

O presidente da Disney, Bob Iger, confirmou que as propriedades como X-Men e Quarteto Fantástico não permanecerão com a Fox assim que a aquisição for finalizada.

“Acho que só faz sentido”, disse Iger ao THR. “Eu quero ser cuidadoso aqui por causa do que foi comunicado ao pessoal da Fox, mas acho que eles sabem. Faz sentido que a Marvel seja supervisionada por uma entidade só. Não deve haver duas Marvels.”

 

Carregando...

Eminem se irrita e critica Netflix após cancelamento de ‘O Justiceiro’

Duna | David Datmalchian será Peter de Vries na adaptação do clássico