,

Jornalista diz para fãs de quadrinhos “crescerem” e criador de Deadpool responde

Pouco tempo após o falecimento de Stan Lee, o jornalista, humorista e apresentador americano Bill Maher publicou um artigo em que desprezava as histórias em quadrinhos como um entretenimento para pessoas adultas e pedia para que elas “crescessem”, causando alvoroço nas redes sociais.

Recentemente ele voltou a tocar no assunto, dizendo:

Você pode, se quiser, gostar das exatas mesmas coisas que gostava quando tinha 10 anos de idade. Mas se você faz isso, você precisa crescer. Esse era o ponto do meu blog. Eu não estou feliz que o Stan Lee morreu. Eu estou triste que vocês estão vivos. Vocês, homens adultos que ainda se vestem como crianças.

Uma das pessoas que se incomodaram com o comentário foi o criador do Deadpool, Rob Liefeld. Ele publicou uma mensagem em seu Twitter oficial recomendando diversos quadrinhos para Maher, de forma bastante educada:

Olá @billmaher, apreciando seu ponto de vista, gostaria de sugerir quadrinhos escritos por Alan Moore ou Frank Miller. A escrita e a narrativa são excelentes. Watchmen, Monstro do Pântano, Cavaleiro das Trevas, e qualquer [edição de] Demolidor de Frank Miller são os padrões de ouro da literatura ilustrada.

E aí, de que lado você está?

Carregando...

Vêm aí mais duas animações de Hayao Miyazaki para o Studio Ghibli – saiba mais!

Confira os lançamentos da semana, de 28 de janeiro a 3 de fevereiro, no mundo dos games!