Filmes

Green Book e Bohemian Rhapsody são as estrelas do Globo de Ouro 2019 – confira todos os vencedores!

Foi ao ar no último domingo, dia 6, o Globo de Ouro de número 76.

  Paulo C. Góis    segunda-feira, 07 de janeiro de 2019

Foi ao ar no último domingo, dia 6, o Globo de Ouro de número 76.

O clássico evento anual premia as melhores produções do audiovisual, incluindo também programas de TV – ao contrário do Oscar. Desta vez, a premiação foi apresentada pela dupla formada pela dupla de atores Sandra Oh e Andy Samberg.

A distribuição das estatuetas foi diversificada, com nenhuma obra acumulando muitos prêmios. Green Book: O Guia foi para casa com três, incluindo melhor comédia, melhor roteiro e melhor ator coadjuvante, com Mahershala Ali.

Apesar disso, esses prêmios não têm o mesmo peso que os dois entregues a Bohemian Rhapsody, de melhor filme de drama e melhor ator para Rami Malek, que viveu Freddie Mercury no longa.

Cabe também chamar atenção aos dois prêmios que foram para Roma, o novo filme da Netflix dirigido por Alfonso Cuarón – melhor diretor e melhor filme estrangeiro. O filme não concorreu às categorias principais, pois uma regra proíbe que longas filmados em outra língua que não o inglês participem.

Confira a lista completa dos vencedores:

Melhor filme de Drama – Bohemian Rhapsody;

Melhor ator em filme de drama – Rami Malek (Bohemian Rhapsody);

Melhor atriz em filme de drama – Glenn Close (A Esposa);

Melhor filme musical ou de comédia – Green Book – O Guia;

Melhor atriz em filme musical ou de comédia – Olivia Colman (A Favorita);

Melhor ator em filme musical ou de comédia – Christian Bale (Vice);

Melhor diretor em filme  Alfonso Cuaron (Roma);

Melhor filme estrangeiro  Roma (México);

Melhor roteirista de filme – Peter Farrelly, Nick Vallenlonga, Brian Currie (Green Book – O Guia);

Melhor ator coadjuvante em filme – Mahershala Ali (Green Book – O Guia);

Melhor atriz coadjuvante em filme – Regina King (Se a Rua Beale Falasse);

Melhor canção original em filme – Shallow (Nasce Uma Estrela);

Melhor trilha sonora em filme – Justin Hurwitz (O Primeiro Homem);

Melhor filme de animação – Homem Aranha: No Aranhaverso;

Melhor série de TV limitada ou filme feito para a televisão – O Assassinato de Gianni Versace: American Crime Story;

Melhor ator em série de TV limitada ou filme feito para a televisão – Darren Criss (O Assassinato de Gianni Versace: American Crime Story);

Melhor atriz em série de TV limitada ou filme feito para a televisão – Patricia Arquette (Escape at Dannemora);

Melhor atriz coadjuvante em série de TV limitada ou filme feito para a televisão – Patricia Clarkson (Sharp Objects);

Melhor ator coadjuvante em série de TV limitada ou filme feito para a televisão – Ben Whiskhaw (A Very English Scandal);

Melhor série de comédia e musical – O Método Kominski;

Melhor atriz em série de comédia ou musical – Rachel Brosnahan (A Maravilhosa Sra. Maisel);

Melhor ator em série de comédia ou musical – Michael Douglas (O Método Kominski);

Melhor atriz em série dramática – Sandra Oh (Killing Eve);

Melhor ator em série dramática – Richard Madden (Bodyguard);

Melhor série de drama – The Americans


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.