Polêmicas

Humor: Deputado pastor publica nota de repúdio contra Super Drags, da Netflix

Deputado pastor disse que a série faz parte de uma conspiração para influenciar crianças sexualmente.

  Paulo C. Góis    segunda-feira, 05 de novembro de 2018

Esse mês estreia a nova animação brasileira da Netflix, Super Drags.

O desenho – categoricamente recomendado para maiores de 16 anos – contará a história de três super-heroínas drag queens, com participação de Pabllo Vittar e Silvetty Montilla no elenco de vozes.

Entretanto, parece que está faltando trabalho em Brasília. O deputado pastor Alan Rick, do Acre, publicou uma nota de repúdio à produção da Netflix, anunciando que entrará em contato com o Ministério Público para alterar a classificação indicativa para 18+.

Segundo ele (estão preparados?): “estamos vivenciando e confrontando no Congresso tentativas sórdidas de influenciar sexualmente nossas crianças”.

A Netflix logo respondeu através de sua conta oficial no Twitter e ensinou o deputado a ativar o controle dos pais na plataforma de streaming.

Super Drags estreia na Netflix em 9 de novembro de 2018.


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários