,

6 teorias incríveis sobre a série Stranger Things, da Netflix

A terceira temporada de Stranger Things estreia só ano que vem na Netflix, e enquanto não temos mais novidades, bora dar uma passada nas teorias escabrosas que os fãs inventam para tentar dar sentido aos acontecimentos da série.

6. É tudo um jogo

Uma teoria é que a coisa toda é apenas um jogo. No primeiro episódio, os espectadores vêem alguma prefiguração dessa teoria. Mike, interpretado por Finn Wolfhard, implora a sua mãe para deixá-lo terminar sua última campanha de RPG de Dungeons & Dragons (D&D). Os fãs acreditam que o que os espectadores veem daqui é, na verdade, Mike e seus amigos fazendo sua última campanha de D&D.

Dungeons & Dragons é um RPG de fantasia onde os jogadores guiam seus personagens através de várias aventuras e missões mágicas. Os espectadores notarão que o jargão do jogo é usado com frequência na primeira e segunda temporadas. A série apresenta o Demogorgon e o Mind Flayer, ambos associados a Dungeons & Dragons. E o que pode ser a melhor evidência para apoiar esta teoria é que durante o jogo de D&D, o personagem Will Byers, interpretado por Noah Schnapp, encontra o Demogorgon pela primeira vez, o que é exatamente o que está acontecendo no show quando ele desaparece para o Upside Down.

Assim, tudo na série viria do mundo fantasioso que os garotos criaram em suas imaginações.



5. Stranger Things e Stephen King

Outra teoria sugere que Stranger Things existe no universo de Stephen King. A estranheza da série não é tão diferente da estranheza que ocorre em muitos dos romances de King.

Você já notou como o título da série e os títulos dos romances de King parecem ter a mesma fonte, ou uma muito parecida? A Eleven nos lembra de um personagem em um dos romances de King, talvez Carrie ou, melhor ainda, Charlie de Firestarter? Além disso, várias histórias de King giram em torno de quatro amigos, todos do sexo masculino (The Body e Dreamcatcher, por exemplo), que certamente se assemelham aos quatro amigos da série.

The Mist também lembra os espectadores de Upside Down, principalmente porque ambos parecem originar-se de experimentos do governo que deram errado e que resultaram na abertura de outro reino que invade nosso mundo, e as aparências difusas de cada cenário são surpreendentemente parecidas.

4. Um vampiro

A próxima teoria é um pouco exagerada.

Os fãs levantam a hipótese de que Bob Newby é um vampiro, e de acordo com essa teoria (alerta de saqueador), eles dizem que ele não está realmente morto. Ele na verdade quer que a escuridão prevaleça para que ele possa andar livremente pela Terra. Essa teoria tem um pouco de The Lost Boys nela. Feche um olho e aperte os olhos com força, e Bob parece com Max dos The Lost Boys.

Os fãs também sugerem que Bob se vestir de vampiro para o Halloween é uma dica para sua verdadeira identidade. Não dá pra levar muito a sério, né?



3. É um fungo

A próxima teoria dos fãs que iremos explorar é aquela que propõe que os monstros do Upside Down são fungos. Isso explica como o Upside Down é capaz de se espalhar em um ritmo tão rápido, já que os fungos estão entre os organismos que mais se espalham pelo mundo, e se alimentam de morte e decadência, muito parecidos com os monstros de Stranger Things.

O apoio adicional a essa teoria em particular é que os monstros compartilham uma mente parecida com uma colmeia e são um pequeno pedaço de um todo. Nós vemos este comportamento, como o fato de que os monstros no Upside Down são todos atraídos para um determinado local na tentativa de destruí-los. Os monstros também recuam do calor excessivo, como vemos quando tentam suar o mal para fora de Will. Os fungos também são sensíveis ao calor.



2. A filha de Hopper também foi um experimento

Esta é uma teoria interessante que poderia fazer sentido se você parar e considerar alguns dos fatores desconhecidos que giram em torno do policial Jim Hopper e a morte de sua filha.

No início da série, descobrimos que Hopper perdeu sua filha, que presumivelmente faleceu devido a um câncer. A especulação em torno dessa teoria implica que talvez ela não esteja realmente morta, mas de alguma forma envolvida no mesmo experimento que Eleven.

Devemos supor, uma vez que nossa heroína é chamada de Eleven, que tivemos dez outros experimentos. Na verdade, sabemos que isso é mais provável porque encontramos o número Oito na segunda temporada. Poderia a filha de Hopper ter sido um dos nove desconhecidos restantes? Além disso, se a filha de Hopper fosse realmente parte dos mesmos experimentos que Eleven, ela poderia de alguma forma ainda estar no Upside Down?

1. Eleven é a filha do Hopper

Ok, talvez a filha de Hopper não esteja morta, afinal. Os fãs especulam que Eleven é na verdade sua filha biológica.

Essa teoria tem alguns buracos. Por exemplo, Hopper não a reconheceria como sua filha Sara? Tem sido teorizado que o laboratório que fez os experimentos com Eleven e outras crianças poderia ter manipulado a memória de Hopper, roubado sua filha e implantado a ideia de que ela havia morrido de câncer quando na verdade o laboratório realmente a roubou para participar de seus experimentos.

Outro detalhe que acompanha essa teoria é o fato de que, embora tenhamos conhecido a mãe de Eleven, o público ainda não conhece a identidade de seu pai biológico. No entanto, pelo menos parte dessa teoria é parcialmente verdadeira. Hopper é capaz de adotar o Eleven no final da segunda temporada. Então, essencialmente, ela já é filha dele.

Carregando...

Animais Fantásticos 4 | Elenco confirma filme no Brasil e produtor explica como serão as filmagens

Relações com a Yakuza, baralhos eróticos e muito +! 5 coisas que a Nintendo vendia antigamente