Filmes

Animais Fantásticos 2 | “Sexualidade de Dumbledore é extremamente explícita no filme”, diz Ezra Miller

O ator discorda que a homossexualidade de Dumbledore esteja sendo jogada para debaixo do tapete.

  Paulo C. Góis    quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Dumbledore é gay.

No livro de Harry Potter e as Relíquias da Morte, fica bastante claro que o jovem que no futuro seria o maior diretor da Escola de Magia e Bruxaria de Hogwarts tinha uma grande queda pelo vilão, e então melhor amigo, Gerard Grindelwald.

Com o advento da franquia Animais Fantásticos, os fãs têm criticado o fato de que essa parte da história tem ficado um tanto… escondida. Sutil demais.

E por que seria? Bom, sabemos que homossexualidade nas telonas, principalmente em grandes franquias, ainda está longe de ser considerado algo “comum”.

Entretanto, o ator Ezra Miller, que interpreta Creedence na saga, discorda. Ele diz que Dumbledore é claramente gay no filme.

É uma ideia engraçada para mim que toda a forma de representação tem de parecer a mesma. Para mim, pessoalmente, acho que a sexualidade de Dumbledore é extremamente explícita nesse filme. Quero dizer, em todos os lugares. Ele vê Grindelwald, que amava quando jovem, que ainda é o amor de sua vida; ele o enxerga no Espelho de Ojesed. O que o Espelho de Ojesed te mostra? Nada mais que o seu desejo mais profundo. Se isso não é explicitamente gay, não sei o que é.

Com direção de David Yates e roteiro escrito por J.K. Rowling, Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindelwald estreia em 15 de novembro nos cinemas.

 


Paulo C. Góis

Paulo C. Góis

Paulo Cesar Góis, tradutor e redator. Foi introduzido por Harry Potter no mundo nerd. Desde então devorou de Duna a Sandman, e usa a fantasia e a ficção científica para tornar o universo um pouco mais mágico.

Comentários