,

Guardiões da Galáxia vol. 3 | Elenco principal divulga carta aberta em apoio ao diretor James Gunn

Há pouco mais de uma semana o diretor de “Guardiões da Galáxia vol. 1 e 2”, James Gunn foi acusado de pedofilia e racismo, após vários tweets antigos serem divulgados, no último dia 20 de julho. Com isso, a Disney e a Marvel Studios divulgou uma nota de demissão do diretor do terceiro filme da franquia.

Agora, grande parte do elenco da franquia, entre eles Chris Pratt, Zoe Saldana, Vin Diesel, Bradley Cooper, Dave Bautista, Karen Gillan, Sean Gunn, Pom Klementieff e Michael Rooker divulgaram uma carta aberta em apoio ao diretor.

Na carta os atores pedem que James Gunn retorne a direção de Guardiões da Galáxia vol. 3. Em publicação no Instagram, Pratt complementou a carta dizendo:

Embora eu não apoie as piadas inapropriadas de anos atrás de James Gunn, ele é um bom homem. Eu pessoalmente adoraria vê-lo reintegrado como diretor do Volume 3. Se você puder, por favor, leia a seguinte declaração assinada por todo o nosso elenco“, escreveu.

Confira a tradução completa da carta:

Uma Carta Aberta do Livro dos ‘Guardiões da Galáxia’

Para nossos fãs e amigos:

Nós apoiamos totalmente James Gunn. Todos ficamos chocados com sua abrupta demissão na semana passada e esperamos intencionalmente estes dez dias para responder a fim de pensar, orar, ouvir, e discutir. Naquela época, fomos encorajados pela manifestação de apoio de fãs e membros da mídia que desejam ver James reintegrado como diretor do terceiro filme, bem como desencorajados por aqueles tão facilmente enganados em acreditar nas muitas teorias de conspiração extravagantes em torno dele.

Estar nos filmes dos ‘Guardiões da Galáxia’ tem sido uma grande honra em cada uma de nossas vidas. Não podemos deixar esse momento passar sem expressar nosso amor, suporte e gratidão por James. Nós não estamos aqui para defender suas piadas de muitos anos atrás, mas sim para compartilhar nossa experiência tendo passado muitos anos juntos no set fazendo Guardiões das Galáxias 1 e 2. A personalidade que ele mostrou na sequência de sua demissão é consistente com o homem que ele foi todos os dias no set, e suas desculpas, de agora e de anos atrás, quando ele abordou estas questões pela primeira vez, acreditamos que é de coração, um coração que todos nós conhecemos, confiamos e amamos. Ao escalar cada um de nós para ajudá-lo a contar a história de desajustados que encontram a redenção, ele mudou nossas vidas para sempre. Acreditamos que o tema da redenção nunca foi mais relevante do que agora.

Cada um de nós está ansioso para trabalhar com nosso amigo James novamente no futuro. Sua história não acabou – nem de longe.

Há um processo em andamento no tribunal da opinião pública. James com certeza não será a última pessoa a ser colocada em julgamento. Dado a crescente disparidade política neste país, é seguro dizer que casos como esse continuarão – ainda que esperamos que os norte-americanos de diversos espectros políticos possam aliviar os assassinatos de caráter [de pessoas públicas] e parar de usar como arma uma mentalidade de rebanho.

É nossa esperança que o que aconteceu possa servir de exemplo para cada de nós perceber a grande responsabilidade que temos com nós mesmos e com os outros, sobre o uso de nossas palavras escritas quando as registramos em pedras digitais; que nós, como sociedade, possamos aprender com essa experiência e no futuro pensar duas vezes antes de decidirmos o que queremos expressar; e que assim talvez possamos aproveitar essa capacidade para ajudar e curar ao invés de ferirmos uns aos outros. Obrigado por ter tirado seu tempo para ler nossas palavras.

Os Guardiões da Galáxia“.

‘Guardiões da Galáxia Vol.3’ está previsto para estrear em 2020.

Carregando...

O Mundo Sombrio de Sabrina já tem data para chegar à Netflix – confira!

Venom | Trailer final é divulgado e traz muito terror e mais cenas inéditas – confira!