Polêmicas

J. K. Rowling volta a apoiar escalação de Johnny Depp em ‘Animais Fantásticos 2’

Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindewald estreia em novembro de 2018.

  Gaby Nunes    quinta-feira, 07 de dezembro de 2017

[OPINÃO] O que dizer dessa mulher que eu tanto admirava, que tanto alterou minha infância e adolescência e que hoje parece ser uma pessoa totalmente diferente da autora gentil e defensora dos oprimidos que eu idolatrava?

Não é a primeira vez que J. K. Rowling defende Johnny Depp, e também não é a primeira vez que os fãs se revoltam contra ela, exigem explicações no Twitter e são respondidos com vários blocks, sem dó, nem piedade.

O maior problema é tentar conciliar essa mulher que luta pelos direitos de todas as mulheres e outras minorias, que bate de frente com o presidente dos Estados Unidos, que já repudiou tantos abusadores online, defender um suposto abusador.

Muitos tentam defendê-la dizendo que as alegações contra Johnny Depp nunca foram comprovadas, que o vídeo não era o suficiente, e que, como Amber Heard aceitou um acordo, nada problemático aconteceu de fato. Seja como for, J. K. Rowling já chegou a falar que um homem que precisa de testemunha para não cometer abuso sexual é perigoso demais para estar solto (abaixo), portanto, é um tanto irônico, ver essa mesma escritora defender alguém com o histórico de Depp. Se devemos acreditar nas vítimas para evitar que outras vítimas tenham medo e não relatem seu abuso para a polícia, para a mídia, etc., por que não acreditamos em Amber Heard? Por que Johnny Depp é essa grande exceção?

Sinceramente, eu não sei, e adoraria que Rowling explicasse de forma menos vaga, mas parece que isso não vai acontecer. Confiram na íntegra o texto (traduzido) publicado pela própria:

“Quando Johnny Depp foi escolhido como Grindelwald, eu achei que ele seria maravilhoso para o papel. Entretanto, durante a filmagem de seu cameo no primeiro filme, histórias apareceram na mídia que preocuparam muito a mim e a todos envolvidos com a franquia.

Os fãs de Harry Potter tinham questionamentos e preocupações legítimos sobre nossa escolha de continuar com Johnny Depp no papel. Como David Yates, um diretor antigo de Harry Potter, já disse, nós consideramos a possibilidade de fazer um novo casting. Eu entendo porque alguns ficaram confusos e nervosos por isso não ter acontecido.

A comunidade enorme e acolhedora que cresceu junto a Harry Potter é uma das maiores alegrias da minha vida. Para mim, pessoalmente, a incapacidade de falar abertamente com os fãs sobre essa questão tem sido difícil, frustrante e, às vezes, dolorosa. Entretanto, acordos judiciais que foram feitos para proteger a privacidade dessas duas pessoas, ambas que expressaram o desejo de seguir em frente com suas vidas, devem ser respeitados. Baseado na nossa compreensão dessas circunstâncias, os produtores e eu não somente estamos confortáveis em continuar com nosso elenco original, como também estamos verdadeiramente felizes de ter Johnny como um dos protagonistas nos filmes.

Eu amei escrever os primeiros dois roteiros e mal posso esperar para os fãs verem “Os Crimes de Grindewald”. Eu aceito que terão aqueles que não ficarão satisfeitos com nossa escolha de ator para o papel de protagonista. Porém, a consciência não é governada por um comitê. Dentro do mundo fictício e fora dele, todos nós temos de fazer o que acreditamos ser a coisa certa.”

Animais Fantásticos: Os Crimes de Grindewald estreia em novembro de 2018.


Gaby Nunes

Gaby Nunes

Gaby B. Nunes trabalha como tradutora há quase 10 anos e como produtora de conteúdo e repórter há três. Fascinada por histórias de todos os tipos, música, conteúdo audiovisual e comida, ela busca equilibrar uma montanha interminável de trabalho com suas maiores paixões (o que significa que ela acaba comendo muitos doces na frente do computador).

Comentários