,

Jim Carrey diz que “não tem identidade” e diz que Lee Jones não suportava sua fama

Jim Carrey considera que a personalidade é uma invenção e que a sua pessoa simplesmente “não existe”. Em entrevista ao comediante Norm MacDonald – no Norm MacDonald Live – o ator falou da sua vida profissional e explicou como lida com a sua falta de ego e como é enfrentar uma “não existência” de si próprio.

Estou apagando a mim próprio, nem estou aqui agora. Eu não existo, não tenho necessidades, nem preciso de pessoas. De nada disso, nada. Não preciso de aprovação de ninguém. Não há um “eu” envolvido”, disse o ator.

Ao longo da entrevista, Jim Carrey falou ainda do período em que ficou afastado das câmeras e dos seus desentendimentos com o ator Tommy Lee Jones durante as gravações de Batman Para Sempre (1995). Carrey interpretava ao personagem “Charada” e Tommy o “Duas Caras” – ambos vilões.

Carrey revelou que soube que Lee Jones não suportava as suas “palhaçadas” quando ambos se cruzaram num restaurante. “Eu era a estrela e esse era o problema. É um ator fenomenal, ainda assim. Continuo a adorá-lo”, disse Carrey.

Jim Carrey está atualmente a contas com a justiça devido a um caso com a justiça com a mãe da sua ex-namorada, Cathriona White: é acusado de ter fornecido a medicação que acabou por a levar à morte. Carrey nega as acusações e diz que o querem extorquir “em milhões”.

Confira o vídeo (em inglês):

Escrito por Carla Bonatto

Amante de cinema, em especifico drama, suspense e ação, quanto aos filmes de terror, passo longe! De alma Geek e sempre aberta para aprender com as histórias dos outros.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando...

Angelina Jolie e Gwyneth Paltrow dizem que foram assediadas por Harvey Weinstein

Vingadores: Guerra Infinita | Produtor do filme fala sobre quando será liberado o trailer