Quando fui ao cinema assistir Eu Fico Loko, não estava esperando muito. Pra mim parecia apenas mais um filme de youtuber dentre tantos outros, vindo de mais um livro biográfico de mais um youtuber. Realmente, não dá pra negar sua origem, já que Eu Fico Loko vem da biografia de mesmo nome do youtuber Christian Figueiredo, porém, ao contrário de péssimas obras que circulam por aí (oi, É Fada), Eu Fico Loko foi uma ótima surpresa!

Eu Fico Loko veio para ser o novo Confissões de Adolescente, e fala de todos os problemas que um típico adolescente passa: bullying na escola, problemas com os amigos, primeiro crush, primeira decepção amorosa, primeiro beijo, primeira vez e várias outras primeiras experiências que marcam a vida de todos e ajudam a amadurecer. Sem obras desse tipo há algum tempo, creio que o público adolescente e os fãs do Christian ficarão gratíssimos de poder ter algo que os representa nas telas de cinema.

eu-fico-loko2O filme também expõe muito da família hilária do Christian, com uma mãe toda zen praticante de yoga e uma das avós mais engraçadas que já vi ─ pra vocês terem uma noção a frase mais falada por essa avó no filme é “vá a merda”. Dá para entender da onde ele tirou a veia cômica que o levou ao sucesso.

Além disso, o longa conta com a atuação de um elenco sensacional, que inclui a fantástica Suely Franco (que já interpretou a icônica Dona Benta em Sítio do Pica-Pau Amarelo ─ e nós a entrevistamos, deem uma olhada aqui), as veteranas de Chiquititas, Giovanna Grigio e Isabella Moreira e o estreante, porém não menos talentoso, Filipe Bragança, que interprete o Christian. Todos foram brilhantes em seus respectivos papeis!

A fotografia também não deixou nada a desejar. Com enquadramentos lindos e cenas muito bem pensadas, cores acertadas e iluminação ideal, deu para notar que o Bruno Garotti não poupou esforços e fez o máximo com os recursos que tinha, garantindo um filme de qualidade não só no elenco e no roteiro, mas em todos os outros elementos técnicos, incluindo também a trilha sonora, com a música tema Hear Me Now, do Alok.

E o melhor de tudo é que você não precisa ser fã do Christian para entender ou acompanhar o que está acontecendo, não precisa nem saber quem ele é, o que facilita a vida de pais que talvez acompanhem seus filhos no cinema, ou de alguém que queria assistir por mera curiosidade. Eu Fico Loko é para todo mundo, não só para quem leu a biografia do youtuber.

eu-fico-loko1Sinceramente, eu adorei o filme. Acho que foi feito com muito carinho e empenho de todos que participaram dele, e isso fica claro para quem assistir no cinema (ou em casa depois). O roteiro ficou ótimo, adaptou muito bem os acontecimentos descritos no livro Eu Fico Loko, e garantiu que a verdadeira essência do Christian e de tudo aquilo que ele apoia ─ ser você mesmo, correr atrás dos seus sonhos ─ fosse para o longa.

Eu Fico Loko é para todos e sobre todos, e por mais diferente que sua vida tenha sido da do Christian, com alguma coisa ali dá pra se identificar. E se o propósito dele era inspirar seus fãs ou até mesmo ganhar um novo público, tenho certeza que Christian conseguir!

Comentários

Comentários