A Disney não esta nada feliz com a academia Lightsaber Academy, que vem ensinando alunos não Jedi a arte de combater com sabres de luz. Brincadeiras a parte, a verdade é que se Michael Brown, proprietário da academia perder o caso, será condenado a pagar cerca de US$ 2 milhões por cada infração.

Segundo o jornal Hollywood Reporter, Brown está utilizando logos da franquia sem nenhuma autorização. Mesmo tendo recebido diversos avisos da Disney/LucasFilm que já o alertaram diversas vezes sobre ciberespeculação, violação de marca registrada, além de competição injusta.

Curiosamente Brown não demostrou preocupação com o valor de cada infração e respondeu às reclamações com um pedido de registro para a marca “Lightsaber Academy, Inc.”.

Confira no vídeo abaixo uma apresentação de um combate entre Sith e um mestre Jedi: